O inferno astral de um ex-astro do futebol

Já não bastou a declassificação do Flamengo na Libertadores, ainda surge a noticia, vinda da Itália, que o dono do A C Milan, Silvio Berlusconi, pedia para garotas que participavam de festas na casa do ex-primeiro-ministro da Itália dançassem vestidas de Ronaldinho Gaúcho. Agora, uma outra noticia desagradável para a familia Assis Moreira : O irmão e empresário de Ronaldinho Gaúcho, Roberto de Assis Moreira, foi condenado a cinco anos e cinco meses de prisão por sonegação de impostos e lavagem de dinheiro. A decisão foi publicada na quinta-feira da semana passada pelo juiz José Paulo Baltazar Junior, do Tribunal Federal da 4ª Região. Assis pode recorrer da decisão da Justiça em liberdade.

Segundo a denúncia, o empresário teria contribuído para que fossem ocultadas do Banco Central informações referentes a operações de câmbio para transferências de dinheiro do exterior para o Brasil, um valor estimado em 880 mil dólares, junto à sociedade LESPAN S/A., uma casa cambial com sede em Montevidéu, no Uruguai, a qual operaria sem autorização.

E agora, desclassificado na Libertadores e  com decisão de sonegação e lavagem de dinheiro, o que falta para completar o inferno astral da familia Assis Moreira?

Share on Google Plus

About Geraldo V Laps

         
Adm. de Empresas, Gaúcho, Parlamentarista e defensor do Voto Distrital Puro.

1 comentários: