AJURIS vai ao Governo discutir Presídio Central

A busca de alternativas para o Presídio Central de Porto Alegre que possam evitar um constrangimento internacional para o Brasil levou a AJURIS a abrir um canal de negociação com o Governo do Estado. Esta foi uma das ações definidas na mesma reunião do Conselho Executivo que decidiu ingressar com representação na Comissão Interamericana de Direitos Humanos, ligada à OEA (Organização dos Estados Americanos).

Na tarde desta quarta-feira (25/4) foi realizada a primeira reunião com o secretário estadual da Segurança Pública, Airton Michels. O encontro serviu para levar ao Governo a posição da entidade. O presidente Pio Giovani Dresch e o vice Administrativo, Eugênio Couto Terra, deixaram claro que a intenção da AJURIS é melhorar a condição de vida dos presos para que eles possam ser ressocializados. Também é interesse da Associação que o sistema carcerário não seja responsável por gerar mais violência e insegurança à sociedade.

Fonte: Ajuris

Comentários