Hoje é dia da bebida mais querida do gaucho

Hoje, 24 de abril, comemora-se o dia do chimarrão. Então para esquentar o papo, vamos lembrar que, no meu artigo anterior sobre o amargo, tem os 10 mandamentos, então clica no link e faz o juramento. Depois volta aqui e lê sobre as origens desta bebida preferida dos habitantes do pampa.

Conta a lenda, que os soldados espanhóis ao chegarem à foz do Rio Paraguay, em 1536, ficaram muito impressionados com a fertilidade da terra às margens do rio, fundando assim a primeira cidade da América Latina: Assunción de Paraguay. Devido às saudades de seus familiares, os desbravadores eram famosos pelos seus porres. A fim de curar suas bebedeiras, os soldados espanhóis começaram a tomar a erva-mate por notar que ela aliviava a ressaca. Foi assim, que a erva-mate chegou ao Rio Grande do Sul, transportada na garupa dos guerreiros daquela época.

Desde então, o chimarrão se tornou um dos principais símbolos do Rio Grande do Sul, a ponto de merecer um dia dedicado a ele, comemorado em 24 de abril. 

O chimarrão é servido em cuia e feito com erva-mate, sobre a qual se derrama água quente. 

Diz-se que gaúcho que é macho gosta do mate bem amargo, mas há quem misture açúcar. 

Também é muito comum colocar saquinhos de chá na erva, como cidreira ou hortelã, para adicionar um sabor especial. A bebida possui propriedades digestivas e estimulantes, mas não se recomenda tomá-lo antes do café da manhã, para evitar a gastrite.

O chimarrão pode ser tomado sozinho, acompanhado ou em grupo. Numa roda de chimarrão, passar a cuia para outra pessoa, antes de beber todo o líquido, é considerado infração gravíssima. 

PROPRIEDADES MEDICINAIS E NUTRITIVAS DA ERVA-MATE
 
    Análises e estudos sobre a erva-mate tem revelado uma composição que identifica diversas propriedades benéficas ao ser humano, pois estão contidos nas folhas da erva-mate alcalóides (cafeína, teofilina, teobromina, etc...), ácidos fólicos e cafeico (taninos), vitaminas (A, B1, B2, C, e E), sais minerais (alumínio, ferro, fósforo, cálcio, magnésio, manganês e potássio), proteínas (aminoácidos essenciais), glicídeos (frutose, glucose, sacarose,...), lipídios (óleos essenciais e substâncias ceráceas), além de celulose, dextrina, sacarina e gomas. 
 
Por tudo isso, a erva-mate é considerada um “alimento quase completo”, pois contém a maioria dos nutrientes necessários ao nosso organismo.

    O consumo da erva-mate está relacionado também ao poder que ela tem de estimular a atividade física e mental, atuando benéficamente sobre os nervos e músculos, combatendo a fadiga, proporcionando a sensação de saciedade, sem provocar efeitos colaterais como insônia e irritabilidade (apenas pessoas sensíveis aos estimulantes contidos na erva-mate podem sofrer algum efeito colateral). 
 
A erva também atua sobre a circulação, acelerando o ritmo cardíaco e harmonizando o funcionamento bulbo medular. Age sobre o tubo digestivo, facilitando a digestão sendo diurética e laxativa. É considerada ainda um ótimo remédio para a pele e reguladora das funções cardíacas e respiratórias, além de exercer importante papel na regeneração celular.

    Assim, os pesquisadores concluíram que o mate contém praticamente todas as vitaminas necessárias para sustentar a vida, e que a erva-mate é uma planta indiscutivelmente especial, já que é muito difícil encontrar em qualquer lugar do mundo outra planta que se iguale ao seu valor nutricional.

Características:

-     Digestiva;
-     É um moderado diurético;
-     Estimulante das atividades físicas e mentais;
-     Auxiliar na regeneração celular;
-     Elimina a fadiga;
-     Contém vitaminas - A, B1, B2, C e E;
-     É rica em sais minerais como Cálcio, Ferro, Fósforo, Potássio, Manganês;
-     É um estimulante natural que não tem contra-indicações;
-     É vaso-dilatador, atua sobre a circulação acelerando o ritmo cardíaco;
-     Auxiliar no combate ao colesterol ruim (LDL), graças a sua ação antioxidante;
-     Por ser estimulante possui também poderes afrodisíacos, graças a vitamina “E”  presente na erva-mate.
-     É rica em flavonóides (antioxidantes vegetais) que protegem as células e previnem o envelhecimento precoce, tendo um efeito mais duradouro pela forma especial como se toma o mate;
-     Segundo o médico pesquisador, Dr. Oly Schwingel, é indicado o uso do chimarrão de duas a três vezes ao dia;
-     Previne a osteoporose, fortalecendo a estrutura óssea graças ao Cálcio e as vitaminas contidas na erva-mate;
-     Contribui na estabilidade dos sintomas da gota (excesso de ácido úrico no organismo);
-     É rico em fibras que contribuem para o bom funcionamento do intestino;
-     Auxiliar em dietas de emagrecimento;
-     Atua beneficamente sobre os nervos e músculos;
-     Regulador das funções cardíacas e respiratórias;
-     É considerado um “alimento quase completo”, pois contém a maioria dos nutrientes necessários para sustentar a vida;
 
     Segundo o Instituto Pasteur da França e a sociedade científica de Paris, não existe no mundo outra planta que se iguale à erva-mate em suas propriedades e seu valor nutricional.

5 comentários:

  1. Bom dia, li e comentei no teu espaço, abçs

    ResponderExcluir
  2. Bha Tche .... e gaucho gosta disto? kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Joselito,

      Gostamos sim, é nossa preferência entre as bebidas... para charlar e socializar...

      Abraço e obrigado pelo comentário!!!

      Excluir
  3. Nunca tomei, deve ser otimo, mas tambem nao sabia que já uma data específica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sissy,

      Quando vieres ao sul, podemos fazer um bem cevado...

      Abraço e obrigado pelo comentário

      Excluir

@pharispoa