Depois do sol, chuva forte

Av. Nilo Peçanha /POA - Foto: Alexandre Soares
Depois de escrever aqui sobre o Rio Grande, 41 graus  o inevitável acompanhamento veio com uma chuva forte, causada por uma frente fria, que inundou o Rio Grande.  Entre 2h e 9h de hoje choveu 70,8 mm no bairro Jardim Botânico, segundo a estação automática operada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Na estação do Grupo RBS, no bairro Azenha, o acumulado entre 0h e 9h bateu em elevados 82,5 mm. 

Os volumes, assim, superaram metade da média histórica oficial do mês de fevereiro (série 1961-1990 do Instituto Nacional de Meteorologia) de 106,8 milímetros em pouco mais de seis horas, considerando que as precipitações mais fortes ocorreram a partir do meio da madrugada. 

A instabilidade associada ao deslocamento de uma frente fria ocorreu mesmo sem nuvens de maior desenvolvimento vertical à medida que ar mais seco na Metade Sul gaúcha encontrou a atmosfera ainda quente e saturada de umidade na região de Porto Alegre, ao Norte da Lagoa dos Patos, gerando as precipitações torrenciais com nuvens baixas e médias.


Share on Google Plus

About Geraldo V Laps

         
Adm. de Empresas, Gaúcho, Parlamentarista e defensor do Voto Distrital Puro.

4 comentários:

  1. OI meu amigo... o que é isso não?! A instabilidade do nosso tempo está assombrando sabia?
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Valéria,

      Este nosso tempo está muito maluco, abafado e depois instável, com estrago de monta..

      Abraço e obrigado pelo comentário

      Excluir
  2. Olá Geraldo, estou achando que vem chuva forte por aqui tambem... pois o calor (abafado) está no limite!
    E isso assusta, pq nunca sabemos qual a mudança brusca que vem a seguir.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sissy,

      Ainda bem que refresco veio, infelizmente com alguns estragos significativos no nosso estado.

      Abraço e obrigado pelo comentário

      Excluir