Livro “Câncer: Vidas ressignificadas”

A experiência do câncer é marcante para quem a vive. O diagnóstico da doença costuma ser seguido de angústia, insegurança, dúvidas e questões essenciais sobre a existência, que não raro modificam completamente o modo como esses indivíduos levam suas vidas. A CliniOnco – Clínica de Oncologia de Porto Alegre reuniu histórias de 23 pacientes no livro Câncer: Vidas Ressignificadas (Editora Alcance), que será lançado no dia 02 de setembro, em Porto Alegre.

Na obra, as histórias são narradas pelos próprios pacientes, que contam suas vitórias e crises e dividem sua experiência com a doença. De acordo com a psicóloga Carla Mannino, especialista em psicooncologia e uma das organizadoras do livro, o testemunho dos pacientes em relação à trajetória vivenciada com o câncer é terapêuti co. “Bem mais que palavras, a pessoa está exprimindo sua experiência e seus sentimentos, permitindo, assim, elaborá-los. Exprimir o que sentimos a alguém permite que consigamos estabelecer uma relação de confiança. É um ato terapêutico. Uma pessoa que relata uma situação dolorosa está, sobretudo, acreditando na possibilidade de transformação”, explica Carla.

Os autores da obra são, em sua maioria, participantes dos grupos de apoio psicológico oferecidos pela CliniOnco, espaços criados para a partilha de experiências e emoções. “O câncer não me deixou frágil espiritualmente, mas deixou-me vulnerável emocionalmente. Ouvimos falar muito na palavra câncer, mas só quem teve sabe o que é: o medo, a morte, o tratamento, a morte, a dor, o exame bom, a morte, a vida, a chance – a morte sempre ali rondando, todos os minut os do teu dia”, relata Ariane Pedroso Oaigen, sobrevivente de um linfoma de Hodking, diagnosticado aos 19 anos. Hoje, aos 30, ela é casada e mãe de Thiago, 5 anos.

Assim como Ariane, Viviani Xavier Duarte Figueiró, 24 anos, também recebeu muito jovem o diagnóstico de câncer. No ano passado, aos 23, soube que estava com câncer de mama. “Ter tido câncer tão cedo não me revolta, não me faz vítima. Hoje, depois de tudo, me descobri de novo, estou mais segura. Escolhi ser vitoriosa dessa prova e sou”, afirma.

O lançamento do livro, que contará com sessão de autógrafos dos autores, acontecerá na Sociedade Germânia (Avenida Independência, 1299), com início às 19h30. Na programação do evento, constam ainda apresentações dos grupos de dança, teatro e canto da CliniOnco. Outras informações no site www.clinionco.com. br.

Serviço


O que: Lançamento do livro “Câncer: Vidas ressignificadas” – sessão de autógrafos e apresentações de teatro, canto e dança

Quando: 02/09

Horário: 19h30

Onde: Sociedade Germânia (Avenida Independência, 1299)

Sobre o livro


Título: Câncer: Vidas ressignificadas

Organizadoras: Carla Mannino, Sandra Rodrigues e Shayara Torres

Número de páginas: 136

Editora: Alcance

Preço: 25,00 (no local e na CliniOnco – Dona Laura, 226 – Porto Alegre)

7 comentários:

  1. Olá Geraldo querido!
    Relatar sobre o sofrimento e a superação, dá esperanças e motiva a muitos outros buscarem tratamento. É aquele negócio...ajuda ao próximo e faz um bem enorme a si.
    Muito bom!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  2. Olá Geraldo, adorei a idéia. É tão importante para quem já passou por esta doença poder relatar sobre suas angústias e até vitória. E para quem está recebendo o diagnóstico é uma motivação para lutar.
    Pessoas que vivem a possibilidade da morte conscientemente como os pacientes de câncer, são pessoas que mudam sim sua forma de ver a vida.
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  3. Geraldo! Como idealizadora e organizadora do livro reforço as palavras aqui escritas: Falar sobre câncer contribui para que o estigma seja derrubado, minimizando assim sofrimentos.
    Conto com todos lá!
    Abraços,
    Carla Mannino

    ResponderExcluir
  4. Fantastica essa iniciativa! Parabens pelo trabalho de poder compartilhar essa experiencia!

    ResponderExcluir
  5. Parabens por esta linda iniciativa!!!Compartilhar experiencias é sempre um processo de cura.

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente minha mãe lutou como uma guerreira contra o câncer, minha única mágoa é q. a Clinionco deu expectativas irreais p/ ela. Mesmo a gente sabendo q. a luta dela seria em vão, continuaram dizendo q. ainda não era a hora dela.

    ResponderExcluir
  7. Boa noite! Gostaria de saber como posso adquirir o livro, e caso seja possível, peço, por favor, encaminhar as informações para meu e-mail: simony.faria@hotmail.com. Obrigada!
    Simony Faria

    ResponderExcluir