O Senegal é aqui

A última semana no Rio Grande do Sul foi digna de um Senegal : as temperaturas mais elevadas são observadas no Verão, durante a estação das chuvas. 

As mais baixas acontecem no mês de Janeiro. Sobre o litoral o mar refresca as temperaturas são da ordem dos 16ºC à 30ºC, mas no centro e no este do país elas podem atingir os 41ºC,  por isto que digo o Senegal está aqui.

Porto Alegre passou por um rodízio de energia entre consumidores durante a noite de quarta-feira e a madrugada de ontem. Para evitar o colapso no sistema devido ao alto consumo gerado pelo calor, a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) deixou 5 mil pontos sem luz na Capital, promovendo desligamentos em diferentes locais da cidade a cada 15 minutos. O presidente da empresa, Sérgio Camps de Morais, confirmou que a estratégia pode ser adotada novamente se o consumo se mantiver elevado. As outras distribuidoras, AES Sul e RGE, afirmam que não fizeram rodízio de cortes.

– É uma manobra prevista pela legislação. Foi uma decisão técnica. Para evitar que o superaquecimento destrua um alimentador (rede de média tensão que leva a energia de uma subestação até os transformadores nos postes), você tem duas opções: primeiro transferir carga para outro alimentador (sem interrupção longa) ou, então, desligar parte da rede, o que foi feito – explicou.

O presidente ressalta que a decisão de iniciar o rodízio na quarta-feira se deu porque os demais alimentadores também estavam sobrecarregados.
– Temos 160 alimentadores em Porto Alegre e todos estavam com carga alta. Isso pode se repetir se o calor continuar elevando o consumo – afirmou.
Ontem à tarde, pelos menos mil domicílios ficaram sem luz no bairro Sarandi. Após as 19h, 38 mil consumidores tiveram problema na Capital também por falhas em linhas de transmissão. Outros 10 mil clientes da CEEE acabaram tendo o abastecimento interrompido em Alvorada e Guaíba à noite.



Hoje o calor chegou com  nebulosidade que se instalou na Capital  está ajudando a manter a temperatura mais amena do que a registrada ontem no início da tarde. De acordo com a Somar Meteorologia, a temperatura em Porto Alegre às 13h30min era de 33ºC, enquanto ontem, no mesmo horário, os termômetros marcavam 38ºC. Apesar disso, a umidade relativa do ar, que é de 62%, colabora para sensação de térmica de 40ºC.

A chuva de ontem, que ajudou a reduzir os efeitos do calor, também está prevista para hoje no mesmo horário. Durante a tarde, a mínima de 25ºC e a máxima de 38ºC esperadas devem aliviar o calorão.

Para o final de semana, as chances de chuva diminuem. Os termômetros não devem marcar mais do que 36ºC.

(com informações do site Clicrbs  e   Blog Porto Imagem  )

4 comentários:

  1. Meu amigo se você morasse em minha cidade Boa vista RR acho que vc morreria, Digo antes de vc for ao inferno primeiro tem que fazer estágio em boa vista RR tão quent que é. Essa temperatura do RS é muito fria pra gente.

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo Geraldo!
    Como todo bom portoalegrense estou pedindo água. A coisa está feia mesmo por aqui.
    Breve o termo "calor senegalês" vai ser substituido por "calor gaúcho".
    Grande abraço, Fernandez.

    ResponderExcluir
  3. putz e eu pensando em ir pro sul para fugir do calor aqui do Rio

    ResponderExcluir
  4. Saudações!
    Que Post Fascinante!
    Amigo Geraldo, são os avisos da mãe natureza e muitos estudiosos do assunto fingem não saber. No ritmo de que estamos indo a -(des)evolução (in)sustentável- a tendência é ficar muito mais quente.
    E o homem é o mais vulnerável de todos!
    Uma situação preocupante, triste e lamentável!
    Parabéns pelo excelente Post!
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir

@pharispoa