Histórias de uma america esquecida


A história se faz pelo relato de vencedores, o que nem sempre representa a verdade, o livro a seguir relata histórias de povos, muitos extintos, que foram dizimados por doenças, intolerâncias e ocupação desenfreada.


Em 1492, Colombo aportou no Caribe; em 1500, Cabral chegou à costa do Brasil. Esses e outros navegadores europeus encontraram centenas de povos nativos nas terras recém-descobertas e o encontro entre civilizações tão diferentes tornou o choque cultural inevitável.

Apesar dos séculos de colonização e de combates e a vitória dos colonizadores sobre os colonizados, as culturas mesoamericanas, pré-colombianas, tribais, não foram completamente neutralizadas. Cada povo nativo possuía histórias, lendas, mitos, narrativas que davam sentido à vida de seus indivíduos; e parte dessas mitologias acabou chegando até nós, por meio de relatos transmitidos oralmente ou registrados pelos conquistadores – às vezes como prova de sua superioridade sobre os chamados selvagens. Esses mitos se apresentam em muitas versões, às vezes parciais, às vezes conflitantes, às vezes misturados a narrativas de outros povos – mas são sempre marcados por uma rica diversidade cultural e encontram-se repletos de seres fantásticos, deuses, monstros e heróis. Os mitos americanos são belos e profundos: dialogam conosco, trazendo até nós as vozes dos antepassados para revelar nossa herança mítica.

Este livro, fruto de extensa e rica pesquisa da autora - estudiosa da Mitologia, com outros títulos publicados sobre o assunto - além dos mitos, narrados com a maestria, traz inúmeras notas, que enriquecem a leitura e provocam o leitor a conhecer mais sobre os mitos dos povos das Américas.

Algumas das lendas são como esta : Como Nanabozho criou a Terra [Mito Algonquin do Canadá].


Share on Google Plus

About Geraldo V Laps

         
Adm. de Empresas, Gaúcho, Parlamentarista e defensor do Voto Distrital Puro.

1 comentários:

  1. Geraldo,

    Eu aprecio livros que falem de assuntos historicos, sejam reais e/ou lendários.

    Bjs

    ResponderExcluir