Porto Alegre de todas as estações...

A história do Parque Farroupilha se confunde com a própria história da cidade de Porto Alegre. Surgido a partir de uma área localizada nos arrabaldes da antiga cidade, ele passou, aos poucos, a ser cada vez mais envolto pelo crescimento urbano. Nessa trajetória, testemunhou as mais diversas manifestações políticas (fuja de lá em época de eleições), culturais e populares. Recebeu muitos nomes, que ajudam a entender como ele se tornou um dos mais importantes parques urbanos do país.
 
Seus cantos e recantos são "mágicos" durante o dia, soturnos e perigosos à noite. Abriga em em suas cercanias, o "famoso brique da Redenção".

Confira uma bela imagem do parque (abaixo)  e veja toda a sua beleza neste outono.


6 comentários:

  1. REalmente o parque é belissimo e agora que as flores começaram a surgir o torna mais especial ainda.
    Há uma ideia de cercar o parque o que não considero ideal. Talvez u´m posto policial dentro do parque seja a solução.

    Beijos, Maria Marçal - Porto Alegre - Rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria,

      A idéia de cercar o parque já gerou debates acalorados, inclusive em propagandas politicas e promessa de candidatos. O problema é que por ser extenso, não tem logistica suficiente para dar integral segurança aos seus usuários. E claro, está localizado entre dois dos mais boêmios bairros da cidade.

      Abraço e obrigado pelo comentário

      Excluir
  2. Este parque é lindooooooooooooo demais!

    Que paraíso colorido!

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sissy,

      Sim, este parque tem recantos escondidos e um laguinho com pedalinhos.. e quem resiste a um picolé no verão, andando entre árvores antigas??? E agora é época de florada dos ipês roxos...

      Abraço

      Excluir
  3. ...um dia ainda hei de conhecer Porto Alegre ...
    Expetáculo !
    abs Geraldo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eninha,

      Tu não vai te arrepender.. esta cidade é mágica...

      Abraço e obrigado pelo comentário

      Excluir

@pharispoa