A cena que não pode continuar


Todos os seres vivos tremem diante da violência. Todos temem a morte, todos
amam a vida. Projete você mesmo em todas as criaturas. Então, a quem você poderá
ferir? Que mal você poderá fazer - Buda
 
Depois dessa imagem (abaixo)  fica a minha dúvida: ´´Será que somos mesmos racionais?´´
 

O toureiro sentiu-se mal e o touro lança-lhe um olhar diferenciado, não de fúria, não de raiva, por tudo que já tinha sofrido, era de se esperar que o animal o atacasse, mas quem é o "animal" aqui ??? Aquele que usa o sadismo por prazer ou aquele que defende-se das agressões?
 
Pense nisto e diga não ao abuso animal!!!

3 comentários:

  1. Neste caso, o animal não é o quadrupede. Pobre bichinho que ainda pode morrer na mão de outro toureiro...

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sissy,

      A crueldade desta prática é que as chances são nulas para o touro. Mas quando ele vence, levantam vozes contra o coitado do animal.

      Abraço e obrigado pelo comentário

      Excluir
  2. - Sou carnívoro mas esta minha condição eleva ainda mais o meu respeito pelo ser vivo. Jamais gostei, aplaudi ou gracejei por alguma judiaria a um animal.Qualquer ser que sente satisfação em subjulgar, destratar e machucar outro ser por prazer, é um psicopata e faria fácilmente com um semelhante.

    ResponderExcluir