Novidades em hospital da capital

O Hospital Fêmina, em Porto Alegre, anunciou nesta terça-feira a aquisição de aparelho que possibilita a realização da cirurgia axilar minimamente invasiva para pacientes em tratamento contra o câncer de mama. Assim, é possível rerirar gânglios axilares, quando necessário, por uma pequena incisão, com menos complicações e sequelas para as pacientes operadas.

"Entre outros benefícios, auxilia na redução do tempo de cirurgia e de risco para as pacientes, e evita cicatrizes mais profundas", afirma o coordenador do Serviço de Cirurgia e Mastologia do Hospital Fêmina, Jaime Pieta. O procedimento é oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Dados do Instituto da Mama do Rio Grande do Sul (Imama/RS) apontam que o Rio Grande do Sul e especialmente Porto Alegre lideram o ranking nacional de incidência do câncer de mama. A média entre as capitais é de 49 casos da doença para 100 mil mulheres. Na capital gaúcha, a incidência é de 125 casos para 100 mil mulheres, quase duas vezes e meia maior.


Share on Google Plus

About Geraldo V Laps

         
Adm. de Empresas, Gaúcho, Parlamentarista e defensor do Voto Distrital Puro.

0 comentários:

Postar um comentário