Na terra do churrasco, hoje e dia de peixe

Em um estado conhecido pelo churrasco, o Rio Grande do Sul hoje, abre mão do hábito, para celebrar uma tradição que comemora 232 anos : A Feira do Peixe, em Porto Alegre. 

Crédito da foto: Bruno Alencastro
Para garantir o consumo do tradicional prato da sexta-feira santa, desde terça-feira, pelo menos 300 mil pessoas visitaram as 65 bancas – 56 de pescadores, quatro institucionais e cinco de alimentação.

Segundo a coordenação da feira, a meta é atingir 270 toneladas esse ano, 30 a mais do que em 2011. “Só teremos a estimativa oficial na segunda-feira, mas tudo indica que alcançamos mais uma vez um bom público e uma ótima comercialização. Sobre os preços dos peixes, de fato, eles variam muito”, disse o engenheiro agrônomo Cláudio Roberto Nilson, um dos organizadores da estrutura

Tainha e Merluza foram os peixes mais procurados. Porém, uma fila extensa denunciava um outro perfil de consumidor. “Vim comprar a tainha assada na vara, pronta para comer em casa. Hoje é feriado, não é preciso cozinhar”, disse Nilson Silveira, de 74 anos, que enfrentou o sol forte para garantir o almoço.










a

Um comentário:

@pharispoa