Mulheres de Verdade - Ana Barcellos

Esta postagem é como de costume, para reverenciar mulheres de verdade. É uma deferencia para aquelas gaúchas que conheço pelos pagos virtuais e acabamos por fundar CTG improvisados. Na minha postagem anterior, fiz para a Denize Oliveira, que oportunizou-me espaço nos seu ótimo Blog da Comentarista. Entre mensagens enviadas e recebidas fiquei feliz pela repercussão positiva de meu escrito no blog da Denize.

Desta feita minha postagem vai para Ana Barcellos , que no seu excelente Animando-C faz um trabalho inestimável para divulgação da Hepatite-C. Ela que descobriu-se portadora do vírus da Hepatite-C resolveu arregaçar as mangas e colocar luz sobre a doença e seu tratamento. 
Ana Barcellos
Já tinhamos ai o primeiro sinal de uma mulher de verdade.

Recentemente Ana lançou o blog Apenas Mulheres de Verdade que no seu cabeçalho trás uma das mulheres mais míticas da história gaúcha : Ana Terra , ela só existiu pela magia da obra imortal de Érico Veríssimo : O Tempo e o Vento.

Então vai aqui uma comparação, a luta de verdade da Ana para vencer a doença, para expor seus medos e suas esperanças é a mesma da sua homonima Ana Terra. Na ficção era de mentira, mas sempre que encontramos uma mulher de verdade, devemos reverenciar sua garra, sua fibra e sua coragem.

Um comentário:

  1. Querido Geraldo,
    Agradeço de coração por esta linda homenagem.
    E comparar-me com a Ana Terra? Que honra! Ela é minha ídola, por isso está lá no blog.

    Obrigada por abordar a hepatite C. É muito importante falarmos sobre essa doença traiçoeira, que afeta milhões de brasileiros e a maior parte nem imagina que está infectada, por não apresentar sintomas. Pra descobrir? Só fazendo um exame específico.

    O Rio Grande do Sul tem feito um trabalho legal em relação a isso. No mês passado, aprovou uma lei para exigir maior rigor nos salões de beleza, visando dificultar a contaminação na manicure. Mas nada substitui os nossos próprios cuidados de prevenção, como levar os seus próprios intrumentos ao salão.

    Adorei a história do CTG improvisado - rs

    Beijo grande!
    E obrigada de novo... adorei!

    ResponderExcluir