Ceasa de Porto Alegre é a pior em higiene do país


A Ceasa de Porto Alegre foi apontada como a pior em higiene numa pesquisa feita pela Companhia Nacional de Abastecimento. Os técnicos analisaram 62 centrais de abastecimento em 22 Estados. A dificuldade para implementar o uso de caixas de plástico para o transporte das frutas e hortaliças é um dos pontos detectados.

De acordo com o estudo, é preciso expandir e melhorar o espaço físico dos galpões para comportar o crescimento da demanda dos últimos anos. A estimativa é que seriam necessários R$ 860 milhões para a recuperação das Ceasas. Mesmo tendo criado uma central de controle de higiene para acabar com o uso das caixas de madeira, muitos comerciantes não aderiram.


Comentários