OSAF e ABCPCC agitam o sábado em São Paulo


E as emoções começam a aflorar de maneira mais acentuada em Cidade Jardim. Após uma sexta feira bastante movimentada, marcada pela disputa de seis páreos e pela realização do tradicional leilão Top Classic, hoje, na sabatina, serão disputadas as primeiras provas de cunho internacional do festival.

No sexto páreo do programa, éguas de 3 e mais anos deverão proporcionar uma disputa eletrizante, do início ao fim dos 2.000 metros na pista de grama, por ocasião do Grande Prêmio Organização Sul Americana de Fomento ao Puro Sangue de Corrida (gr.I), talvez a mais equilibrada disputa de graduação máxima do fim de semana.

A prova, que coroou ao longo dos anos grandes éguas da criação nacional, como Court Lady, Just The First, Plus Vite, Ojeada Fighter, e mais recentemente a La Vendetta, desta feita poderá consagrar a campanha, já bastante produtiva e vitoriosa, de Ursula’s Home (Torrential), 3 anos, de criação e propriedade do Stud São Francisco da Serra. Dona de uma atropelada que vem se tornando cada vez mais irresistível, a pensionista de Émerson Garcia será, em nova oportunidade, uma adversária de ótimos recursos. O eficaz Waldomiro Blandi estará mais uma vez no dorso da potranca, que segue com suas chances intactas mesmo em pista algo pesada.

Contudo, como em todo “OSAF” que se preze, desponta um grande contingente de adversárias frente à provável favorita, na promessa de grandes atuações. Uma delas é Furia Olímpica (Astor Place), 4 anos, Stud São Pedro/Haras Regina, cuja regularidade chega a impressionar. Hémérocalle (Parme), 4 anos, Haras Santarém/Stud Estorilio, algo prejudicada nos metros decisivos da preparatória, e Estrela Anki (Thignon Lafré), 3 anos, Haras São José da Serra/Stud Estrela Energia, que tirou uma Tríplice Coroa de Smile Jenny por diferença mínima, também não estão à toa no páreo.

Logo em seguida, na sétima prova, os velocistas irão fazer tremer o “retão” gramado de Cidade Jardim. O Grande Prêmio Associação Brasileira dos Criadores e Proprietários do Cavalo de Corrida, em 1.000 metros na pista de grama, será disputado por nove competidores de 3 e mais anos.

Impressionou o reaparecimento de Sicilia (Torrential), 4 anos, de criação do Haras Santa Rita da Serra e propriedade do Stud Estrela Energia, que ausente desde novembro do ano passado, das competições, voltou com força total no último mês de março, vencendo prova de listed race em Cidade Jardim. Preparada na serra fluminense por Givanildo Duarte, a conduzida de Altair Domingos venderá caro a derrota desta feita.

Vencedor deste páreo em 2008, e portanto, buscando o “bi” do “Quilômetro Internacional”, Taludo (Music Prospector), 4 anos, Haras Pirassununga/Stud Patylippe, apesar de não ter animado no último teste para a prova, quando sofreu com um percurso atribulado, merece por completo o respeito dos seus adversários, principalmente pelos seus últimos exercícios que comprovam o seu ótimo estado. Apesar de mal balizada numa pista pesada, Ultima Palavra (Dodge), 3 anos, Haras Pirassununga/Haras Tango, atravessa momento extremamente produtivo, e em estado de evolução, recomenda atenções.

No entanto, para “aquecer os motores” da rapaziada, na quinta carreira da tarde será corrida a Prova Especial Off The Way, em 2.000 metros na pista de grama, reunindo éguas de 3 e mais anos. Grande candidata à vitória neste “consolo” do GP OSAF, Savoir Faire (Know Heights), 4 anos, de criação e propriedade do Haras Santa Rita da Serra, encara um lote recheado de potrancas em evolução. Preparada por Eduardo Garcia, a neta de Ski Champ segue amparada por um retrospecto onde constam interessantes colocações em provas clássicas. Altair Domingos será o responsável pela condução.

Como principais diferenças, despontam Sagarana (Nedawi), 3 anos, Haras São Francisco de Paula/Vera Lucia de Souza Guignoni, que vem de quinto em prova graduada disputada no gramado carioca, e Donna Greta (Astor Place), 3 anos, Haras San Francesco/Stud Maggiore, que faz a sua primeira incursão fora da chamada comum. Olho ainda em Cointreau (Astor Place), 3 anos, Haras Vale Verde/Stud Golden Horses.

E por fim, no oitavo páreo, a Prova Especial Depressa, em 1.000 metros na pista de grama, destinada a produtos de 3 e mais anos, marca interessante confronto entre aqueles que buscaram uma segunda opção além do GP ABCPCC. Nome muito forte é do alazão Contender (Nergy Boy), 3 anos, de criação e propriedade do Haras Belmont, que vem de finalizar em quinto na preparatória para o próprio GP ABCPCC. Treinado no Tarumã por Fernando Azevedo, o neto de Coax Me Clyde segue em boa baliza, pelo externo da pista, e em carreira normal suas chances são bem elevadas. No comando de suas rédeas estará o piloto Valmir Rocha.

Bastante qualificada, e vinda de três vitórias consecutivas, Virgin (Special Nash), 3 anos, Haras Santa Luzia da Água Branca/Agro-pecuária Inshalla, não se abatendo com suas costumeiras hemorragias, irá embolar na briga pela vitória. Herói de Birigui (Banking), 3 anos, do Stud Birigui, é o terceiro nome em destaque.

O primeiro páreo em Cidade Jardim está marcado para as 13 horas e 30 minutos. As corridas na Gávea começam um pouco depois, às 13 horas e 45 minutos.


Fonte: Raia Leve 
Share on Google Plus

About Geraldo V Laps

         
Adm. de Empresas, Gaúcho, Parlamentarista e defensor do Voto Distrital Puro.

0 comentários:

Postar um comentário