Jeune-Turc, Tiago e Venâncio, os heróis do São Paulo 2008

Gerson Martins


Tiago vibra no dorso de Jeune-Turc









Festa carioca, comandada pela emoção do jovem Gonçalinho Torrealba, no Hipódromo de Cidade Jardim. Apresentado de forma esplendorosa por Venâncio Nahid, radicado na serra fluminense, no consagradíssimo CT Vale do Itajara, e recebendo magnífica direção de Tiago Josué Pereira, Jeune-Turc (Know Heights e Creature du Ciel, por Machiavellian), 3 anos, de criação do Haras Fronteira e propriedade do Stud Ced (coudelaria com a qual Gonçalo Torrealba, titular do Stud TNT, mantém conexões), acaba de levantar o GP São Paulo 2008 (Grupo I), a prova máxima do turfe paulista, que este ano contou com apoio e transmissão ao vivo da Rede Globo.

Outsiders, Paul Garden e Uno Campione se revezaram no comando do ritmo da corrida. Fort Wilderness, Dear-Est, Amigo Gaúcho, e Jeune-Turc, este sempre por dentro, acompanhavam os ponteiros. Smashing e Biólogo procuram melhorar na curva. Tiago, porém, jamais perdeu o contato com o pelotão da frente.

No tiro direto, enquanto sem sucesso Quick Road buscava caminho junto à congestionada cerca interna, Jeune Turc, pela linha cinco, encontrou liberdade para progredir a partir dos 400 metros finais, dominando as ações 100 metros adiante e, acionado com rigor, teve forças para resistir aos ataques de Naperon, que progrediu duro por dentro, e Biólogo, trazido por fora. Um lindo desfecho, logo transformado em euforia pela vibração de Gonçalinho, Venâncio Nahid e do veterinário Flávio Geo, que comemoraram intensamente junto aos demais colaboradores do Vale do Itajara.

Paulo Marinho, neto de Roberto Marinho, representando a família e a Rede Globo, entregou o troféu aos donos do potro vencedor. Coube a Pelé a entrega da taça a que fez jus o criador. O JCSP homenageou o “Rei”, com a aposição de uma placa em reconhecimento ao apoio que o eterno craque tem dedicado ao clube.

Naperon, em grande atuação, arrematou a apenas ¾ de corpo e Biólogo, “agarrado”, a 1 corpo. Também próximos, New Fandan (1 ¾) e Amigo Gaúcho (2) completaram o placar. A seguir: Rainbow Bright (2 ¾), a única fêmea do campo, Mr.Nedawi (3), Ilano (3 ¼), Paul Garden (3 ½), New Royale (3 ¾), His Friend (4), Quick Road (4 ¼), Blessed Mustang (4 ½ - favorito de 5,70), Fuco (5 ¼), Dear-Est (6), Fort Wilderness (8 ¼), Uno Campione (11) e Smashing (14 ¾). Portanto, do 1º ao 15º, apenas 6 corpos.

Jeune-Turc levantou o GP São Paulo em 2min27s100, longe do recorde de Dono da Raia (2min24s490). Em 11 saídas, tem, agora, três vitórias, duas na esfera nobre.

por Zig, de São Paulo

Comentários